1. Ada
  2. Condições
  3. Câncer da bexiga

Câncer da bexiga

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

O câncer de bexiga é o desenvolvimento de um câncer na bexiga urinária. Esta condição é mais comum em homens do que mulheres, e torna-se mais comum com o aumento de idade. Os sintomas mais comuns são sangue na urina (hematúria) e problemas de micção. O tratamento e o desfecho após ter tido câncer da bexiga dependem do tamanho e do tipo de câncer.

Riscos

O câncer da bexiga é mais comum nos homens do que nas mulheres, e se torna mais frequente com a idade. Pessoas que fumam, ou que estão expostas à fumaça de cigarro, têm um maior risco de câncer de bexiga. A exposição a alguns produtos químicos industriais e vapores, incluindo o arsênico, benzeno e gases de descarga de motores diesel, também aumentam o risco de desenvolver esta doença. Infecções da bexiga persistentes ou frequentes também podem aumentar o risco de câncer.

Sintomas

Os sintomas comuns são sangue na urina (hematúria) e problemas de micção, tais como dor ao urinar, urinar com maior frequência e sentir uma vontade repentina de urinar. Algumas pessoas podem ter infecções urinárias repetidas (infecções da bexiga ou do rim). Outros sintomas podem incluir dor no abdômen ou costas e inchaço nas pernas.

Diagnóstico

O diagnóstico se baseia nos sintomas e, ocasionalmente, no exame físico. Pode ser feita uma análise de urina para procurar sangue e células cancerosas na urina. Será feita uma cistoscopia (observar o interior da bexiga com uma câmera) para confirmar o diagnóstico e para recolher uma amostra do câncer, para pesquisa mais aprofundada. A tomografia computadorizada (TC) também é útil para investigar se o câncer se espalhou para outros locais.

Tratamento

O tratamento do câncer da bexiga depende do tamanho do câncer, do tipo exato de câncer e se o câncer se espalhou. A combinação desses fatores determina o estágio do câncer. Dependendo do estágio do câncer, o câncer de bexiga pode ser tratado por cirurgia, radioterapia ou quimioterapia ou uma combinação destes métodos. A equipe médica que o está tratando pode dar o melhor conselho sobre o tratamento.

Prevenção

Deixar de fumar pode ajudar a reduzir a probabilidade de desenvolver câncer de bexiga.

Prognóstico

O prognóstico do câncer de bexiga depende de uma série de fatores: o estágio em que é diagnosticado, a idade da pessoa afetada e sua resposta à terapia. As pessoas mais jovens tendem a ter um câncer no estágio inicial no momento do diagnóstico, e a responder melhor ao tratamento do que as pessoas mais velhas.