1. Ada
  2. Condições
  3. Dispepsia funcional

Dispepsia funcional

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico
  7. Outros nomes

Visão geral

Dispepsia funcional é uma condição de sintomas persistentes e repetidos de indigestão. Os sintomas típicos incluem desconforto no estômago ou dor, sentir-se rapidamente satisfeito ou se sentir muito cheio depois de comer e outros sintomas de indigestão. Isso pode ser desencadeado por comer refeições pesadas, comer rápido, consumir bebida alcoólica e stress. Embora possa ser muito desagradável, esta condição não tem quaisquer consequências graves. Para diagnosticar dispepsia funcional, um médico deve excluir todas as outras condições que possam causar estes sintomas. Como a causa dos sintomas não é clara, pode ser difícil de tratar esta condição, mas muita gente aprende a controlar seus sintomas.

Riscos

Dispepsia funcional é uma condição comum. Ela tende a afetar as mulheres um pouco mais frequentemente do que os homens, e tende a ocorrer com mais frequência em pessoas de meia-idade. As causas da dispepsia funcional não são bem compreendidas. As pessoas que têm uma infecção por Helicobacter pylori (uma bactéria que causa úlcera do estômago) podem ser mais propensos a ter dispepsia funcional, mesmo que não haja outros sinais de infecção.

Sintomas

Os sintomas típicos incluem desconforto no estômago, dor ou ardor e se sentir rapidamente satisfeito ou muito cheio depois de comer. Outros sintomas incluem náuseas, arrotos e flatulência.

Diagnóstico

Para diagnosticar dispepsia funcional, o médico deve excluir outras causas possíveis para os sintomas. Isso inclui a avaliação dos sintomas e exame clínico, bem como uma revisão dos medicamentos que o paciente esteja tomando. Isto pode incluir exames de sangue (para testar anemia ou inflamação), um teste de respiração para o Helicobacter pylori (uma bactéria causadora de úlcera de estômago) e endoscopia (uma longa câmara introduzida através da boca até o estômago). Durante a endoscopia, os médicos podem tirar uma amostra do revestimento do estômago para fazer examinar e testar para outras possíveis condições. Os resultados de todos estes testes devem ser normais para alguém com dispepsia funcional.

Tratamento

Tratar qualquer infecção por bactéria Helicobacter pylori (bactérias que causam úlcera de estômago)é muitas vezes útil para reduzir os sintomas, mesmo se não haja nenhum sinal de que estas bactérias estejam causando irritação ou úlceras no estômago. Esta infecção é tratada com antibióticos. Outros métodos de tratamento envolvem o controle dos sintomas desta condição. Isto inclui medicamentos que reduzem a acidez no estômago e alterações na dieta para evitar alimentos que pioram os sintomas. Há pessoas que acham que uma dose baixa de um medicamento antidepressivo chamado de antidepressivo tricíclico (TCA) diminui a dor, mesmo que não esteja deprimido. Algumas pessoas também usam hortelã ou camomila para acalmar o estômago, embora estas ainda não tenham sido estudadas a fundo.

Prognóstico

A dispepsia funcional é uma condição persistente, não associada a quaisquer consequências graves. No entanto, porque a condição não é bem compreendida, é difícil de tratar. A maioria das pessoas aprende a controlar seus sintomas.

Outros nomes

  • sintomas digestivos e desconforto sem uma causa identificável