1. Ada
  2. Condições
  3. Herpes labial

Herpes labial

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Herpes labial é uma condição viral que causa vesículas ou bolhas no lábio ou no rosto. Esta condição é também conhecida como herpes oral ou aftas herpéticas. É causada por um vírus herpes simplex. Ela pode afetar qualquer pessoa e de qualquer idade. Ela pode ser transmitida por contato físico e pela saliva, e é muito contagiosa. Outros sintomas podem ser dor, sensação de formigamento ou coceira no local da bolha. A condição frequentemente é recorrente, especialmente em momentos de estresse ou em que o sistema imunológico está enfraquecido. Algumas pessoas usam pomadas anti-virais para evitar a propagação e para tratar o vírus, mas as bolhas geralmente saram sozinhas.

Riscos

Herpes labial é causado por um vírus chamado de vírus herpes simplex tipo 1 (HSV-1). O vírus está presente dentro da bolha e na saliva. Mais comumente ele afeta os lábios, mas pode se espalhar para outras partes do corpo. O vírus herpes simplex é muito comum. Pessoas que têm um membro da família ou contato próximo com alguém que tem herpes labial estão em maior risco de contrair o vírus herpes simplex. Outros fatores que podem deixar a pessoa suscetível ao vírus ou uma volta dos sintomas são o sistema imunitário enfraquecido, o stress ou outras infecções virais (tais como um resfriado ou gripe). Os profissionais de saúde e atletas de esportes de contato também podem ser mais propensos a pegar o vírus do herpes simplex.

Sintomas

Os sintomas típicos de herpes labial são uma coceira ou formigamento no local das bolhas, seguido por bolhas dolorosas perto da boca / lábios. Essas bolhas se transformam em feridas com crostas. Os sintomas podem durar até duas semanas. Na primeira vez que uma pessoa contrai herpes labial, as bolhas podem ser muito dolorosas. Elas podem ser acompanhados por febre, dor muscular, e inchaço dos gânglios linfáticos no rosto e do pescoço.

Diagnóstico

O diagnóstico é geralmente baseado nos sintomas e na aparência da bolha. A análise do líquido da bolha para detectar o vírus do herpes pode confirmar o diagnóstico.

Tratamento

Em casos leves, quando há poucas bolhas e a pessoa afetada não tem outros problemas, o tratamento pode consistir de pomadas anti-virais. Há também alguns comprimidos para ajudar a prevenir um surto de bolhas. Os casos graves ou complicados precisam de medicação anti-viral por via intravenosa.

Prevenção

Evitar o contato da pele com pessoas afetadas ajuda a evitar contrair o vírus herpes (por exemplo, os pais devem evitar beijar os seus filhos enquanto eles têm uma lesão de herpes). O herpes labial também pode ser passado para outras partes do corpo além dos lábios. Uma boa higiene, como lavar as mãos, também pode ajudar a prevenir a propagação do vírus herpes.

Prognóstico

Os sintomas de uma afta geralmente melhoram dentro de uma a duas semanas. No entanto, uma vez infectadas, a maioria das pessoas continua a ser portadora do vírus. As bolhas costumam reaparecer e sua erupção pode ser desencadeada por estresse ou sistema imunológico fraco.