1. Ada
  2. Condições
  3. Sarampo

Sarampo

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa que afeta mais comumente as crianças. Os sintomas do sarampo podem ser parecidos com os de um resfriado, febre e pequenas manchas cinzento-esbranquiçadas no interior das bochechas. Depois de alguns dias aparece uma erupção. Não há tratamento específico para o sarampo, porém é importante o repouso, e ingerir muito líquido, a febre deve ser controlada com paracetamol ou ibuprofeno. Recomenda-se evitar situações sociais (trabalho, escola, etc), enquanto a pessoa estiver infectada. A maioria das pessoas se recupera em uma semana após a data em que aparecem os sintomas.

Riscos

O sarampo é causado por um vírus que se espalha pelo ar levado nas gotículas expelidas da garganta e do nariz quando uma pessoa infectada tosse ou espirra. As crianças e pessoas que não tiveram sarampo anteriormente ou que não foram imunizados têm um maior risco de infecção.

Sintomas

Os sintomas do sarampo podem ser semelhantes aos sintomas de um resfriado, com espirros, nariz entupido, olhos vermelhos, febre, e pequenas manchas cinza esbranquiçadas no interior das bochechas. Depois de alguns dias uma erupção cutânea será visível, mais frequentemente começando na cabeça e no pescoço.

Diagnóstico

O diagnóstico em geral é baseado nos sintomas e no exame clinico. É possível fazer um exame de sangue para ter a confirmação de uma infecção recente de sarampo, mas isto nem sempre é necessário.

Tratamento

Não há tratamento específico para a infecção por sarampo, e os sintomas geralmente passam em uma semana. Além de repouso e beber muitos líquidos, pode-se usar paracetamol e ibuprofeno para baixar a febre ou diminuir quaisquer as dores.

Prevenção

O sarampo é uma condição que pode ser prevenida com uma vacina. Portanto manter o calendário de vacinação recomendado pode ajudar a prevenir infecções de sarampo. As pessoas que têm sarampo devem ficar em casa por uma semana após aparecerem as erupções para evitar infectar outras pessoas.

Prognóstico

A maioria das pessoas se recupera uma semana após o começo dos sintomas, e é pouco comum aparecerem complicações. Os recém-nascidos e crianças com outras condições médicas têm um risco maior de desenvolver complicações graves, como pneumonia, meningite (inflamação dos tecidos que envolvem o cérebro) e encefalite (inflamação e inchaço do cérebro).