1. Ada
  2. Condições
  3. Enxaqueca

Enxaqueca

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Enxaquecas são dores de cabeça muito fortes e recorrentes. Esta é uma condição comum. Essa condição geralmente afeta adultos mais jovens (desde adolescentes até a meia-idade), e tende a afetar mulheres mais frequentemente do que os homens. Enxaquecas são normalmente acompanhadas por náuseas, sensibilidade à luz (fotofobia) e som (fonofobia). Muitas pessoas mas não todas, têm aura antes de uma enxaqueca. Mesmo conhecendo-se numerosos iniciadores de crises, a causa da enxaqueca não é bem compreendida. As enxaquecas podem ser tratadas descansando e tomando medicamentos para a dor de cabeça. Embora muita gente tenha enxaquecas recorrentes, a maioria das pessoas costuma ser capaz de controlar seus sintomas.

Riscos

A enxaqueca afeta principalmente adultos jovens (desde adolescentes até a meia-idade). É mais comum em mulheres do que em homens. Pessoas com excesso de peso e fumantes podem ser mais propensos a sofrer de enxaquecas.

Sintomas

O sintoma típico de uma enxaqueca é uma dor de cabeça forte (muitas vezes em um dos lados da cabeça) com náuseas, vômitos, sensibilidade à luz (fotofobia) e ao som (fonofobia). Estes sintomas aparecem rapidamente, e podem durar de 6 a 12 horas. Algumas pessoas podem ter sintomas adicionais antes de uma enxaqueca. Estes são chamados de aura, e podem incluir hiperatividade, uma alteração na visão, formigamento nas mãos, nos pés ou no rosto, ou outras sensações estranhas. Muitas pessoas se sentem muito cansadas ​​depois de uma enxaqueca.

Diagnóstico

O diagnóstico de enxaqueca é baseado nos sintomas e exame físico. Para excluir outras condições que possam causar sintomas semelhantes à dores de cabeça da enxaqueca, uma radiografia da cabeça e do cérebro pode ser necessária.

Tratamento

Ficar deitado em um ambiente escuro, silencioso, ajuda algumas pessoas a controlarem os sintomas de uma enxaqueca. Os medicamentos anti-inflamatórios (ibuprofeno, aspirina) podem ajudar na redução da dor. Para pessoas que têm dores de cabeça muito fortes, pode ser melhor usar medicamentos à base de triptano. Pessoas que sofrem de enxaquecas repetidas, incômodas (mais de duas por mês) podem beneficiar de medicação que reduza a frequência e a severidade das dores de cabeça.

Prevenção

Evitar coisas que desencadeiam enxaquecas pode ajudar a evitar algumas dores de cabeça. Estes eventos que desencadeiam são diferentes de uma pessoa para outra, mas alguns mais comuns são: estresse emocional, não comer, alguns cheiros, certas condições do tempo, distúrbios do sono, álcool, fumo, etc. Pessoas que sofrem enxaquecas repetidas e incômodas (mais de duas por mês) podem beneficiar com medicamentos que reduzem a frequência e a intensidade das dores de cabeça.

Prognóstico

As enxaquecas muitas vezes são recorrentes. Quando elas não são frequentes, a maioria das pessoas consegue aguentar seus sintomas durante as crises de enxaqueca. Se são frequentes, o uso regular de medicação pode ajudar a reduzir o número de dias afetados pela enxaqueca e melhorar a qualidade de vida.