1. Ada
  2. Condições
  3. Febre reumática

Febre reumática

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

A febre reumática é uma condição inflamatória que ocorre depois de uma amigdalite causada por uma bactéria específica (especificamente, um Streptococos do grupo A). A febre reumática comumente afeta as articulações e o coração. A febre reumática pode causar muitos sintomas diferentes, mas os mais comuns são febre, dor e inflamação das articulações. Outros sintomas são dor no peito, tosse, falta de ar, movimentos involuntários (coreia) e erupções cutâneas. A febre reumática é tratada com antibióticos. Algumas crianças com febre reumática podem vir a desenvolver problemas com suas válvulas cardíacas.

Riscos

A febre reumática se tornou rara em muitos países porque a doença subjacente, uma infecção bacteriana das amígdalas, pode ser tratada com antibióticos. Ele ainda tende a ser comum em partes do mundo onde há pouco acesso a cuidados médicos e com condições superlotadas. Esta condição tende a afetar crianças entre as idades de 5 e 15 anos, e é rara em adultos. As crianças não tratadas adequadamente para amigdalite bacteriana tem maior risco de contrair esta condição.

Sintomas

Os sintomas aparecem dentro de 10 a 20 dias após uma infecção bacteriana das amígdalas ou garganta. Costumam incluir febre, dor de cabeça, fraqueza, uma erupção que não dá coceira e dor nas articulações que afeta principalmente as articulações maiores e se espalha de uma articulação para outra. Mais tarde, podem ocorrer movimentos musculares involuntários. Algumas pessoas podem desenvolver cardite (inflamação do músculo cardíaco), que causa dor no peito, tosse e falta de ar.

Diagnóstico

O diagnóstico se baseia nos sintomas e examinação clínica. Exames de sangue que mostrem sinais de inflamação apoiam o diagnóstico. Também podem ser necessários um exame do coração com eletrocardiograma (ECG ou ECG) e exames por ultrassom.

Tratamento

A infecção bacteriana é tratada com antibióticos. Os sintomas da febre reumática podem ser controlados com medicamentos anti-inflamatórios e, se necessário, comprimidos de esteróides. Se a febre reumática atingir o coração, se pode prescrever tratamento longo por antibióticos.

Prevenção

Para prevenir a febre reumática, é importante consultar um médico para tratar da amigdalite e completar a terapia completa de antibióticos. Remover as amígdalas após um episódio de febre reumática pode ajudar a prevenir futuros episódios de infecções na garganta e recorrência de febre reumática.

Prognóstico

O prognóstico após a febre reumática depende de saber se o coração foi afetado. Muitas crianças vão recuperar bem e não terão complicações. Algumas vão precisar tomar antibióticos por muito tempo para prevenir a re-infecção. As pessoas que têm febre reumática com cardite (inflamação do coração) podem desenvolver doenças cardíacas na vida adulta, e podem, eventualmente, precisar de cirurgia para corrigir as válvulas cardíacas danificadas.