1. Ada
  2. Condições
  3. Trichomonas vulvovaginitis

Trichomonas vulvovaginitis

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

Tricomoíase vaginal é uma doença sexualmente transmissível (DST) da vulva (órgãos genitais externos femininos) e da vagina. Ela é causada por um parasita chamado Trichomonas vaginalis. Essa condição afeta principalmente mulheres entre as idades de 16 e 35 anos. Ela se transmite de uma pessoa para outra durante a relação sexual. Os sintomas mais comuns são um corrimento vaginal anormal, prurido vaginal e dor, e dor durante a relação sexual. Para tratar essa infecção são necessários antibióticos. Os parceiros sexuais também devem ser tratados. A maioria das pessoas se recupera bem após o tratamento para a infecção por Trichomonas, e não têm quaisquer problemas mais tarde.

Riscos

Trichomonas vaginalis é um pequeno parasita que se propaga através de relações sexuais desprotegidas. Quando provoca uma infecção dos órgãos genitais femininos, é chamada de vulvovaginite por Trichomonas. Essa condição afeta mais comumente mulheres entre as idades de 16 e 35. Um comportamento sexual de risco aumenta o risco de contrair esta condição.

Sintomas

Os sintomas mais comuns de uma infecção por tricomonas são um corrimento vaginal anormal verde-amarelo e coceira ou sensação de ardor na vagina. Mulheres com uma infecção por tricomonas também pode ter dor ao urinar ou durante a relação sexual.

Diagnóstico

A suspeita do diagnóstico pode ocorrer a partir dos sintomas e da aparência dos órgãos genitais durante um exame ginecológico. O diagnóstico é confirmado quando uma amostra do corrimento vaginal mostra a presença do parasita Trichomonas. Podem ser tomadas uma amostra de urina ou do muco vaginal e pesquisada para outras doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Tratamento

Uma infecção por Trichomonas é tratada com comprimidos de antibióticos. É importante informar e tratar o(s) parceiro(s) sexual(is) para evitar re-infecção e propagação da infecção.

Prevenção

Praticar sexo seguro (com camisinha) pode prevenir a infecção por trichomonas.

Prognóstico

Com tratamento adequado, a maioria das pessoas se recupera totalmente. Em alguns casos, pode ocorrer uma re-infecção após tratamento. Mulheres infetadas por Trichomonas durante a gravidez correm o risco de entrar em trabalho de parto antes da 37ª semana.

Outros nomes

  • infecção vaginal causada por um parasita