1. Ada
  2. Condições
  3. Colecistite

Colecistite

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

Colecistite é uma inflamação da vesícula biliar. É uma condição comum, tende a afetar mais frequentemente as mulheres do que os homens, e torna-se mais comum com a idade. A vesícula biliar armazena a bile, um líquido produzido pelo fígado para digerir alimentos gordurosos. Depois de comer, a vesícula biliar espreme a bile através do trato biliar para o intestino. Na maioria dos casos, a colecistite é causada por um cálculo biliar bloqueando o fluxo da bile da vesícula para o intestino. A condição geralmente começa de repente, com dor nas áreas superior ou superior-direita da barriga. O tratamento consiste, geralmente, em analgésicos para aliviar a dor e antibióticos. Eventualmente pode ser necessário remover a vesícula biliar cirurgicamente (uma colecistectomia). A maioria das pessoas se recupera bem da colecistite.

Riscos

Colecistite é uma condição comum. As mulheres são mais propensas do que os homens e esta condição e torna-se mais comum com a idade. Outros fatores que aumentam o risco de colecistite são o excesso de peso, ter um membro da família que sofre de colecistite, e (em mulheres) ter um ou mais filhos. Na maioria dos casos, a colecistite é causada por um cálculo biliar bloqueando a passagem da bile para o intestino. Também pode existir uma infecção da vesícula biliar.

Sintomas

Os sintomas típicos costumam ser dor na parte superior ou superior direita da barriga, sudorese, náuseas / vômitos e sintomas que pioram quando se come alimentos gordurosos. A febre pode significar uma infecção bacteriana.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por um médico com base nos sintomas e exame físico. às vezes se faz exames de sangue para testar sinais de infecção ou problemas hepáticos. Pode ser necessária uma ecografia ou uma tomografia computadorizada (TC) para examinar a vesícula biliar.

Tratamento

O tratamento da colecistite consiste em aliviar a dor e o uso de antibióticos. Em casos recorrentes, persistentes ou graves, se recomenda a remoção cirúrgica da vesícula biliar (colecistectomia). Se a causa for a presença de cálculos biliares presos no duto biliar, se pode realizar um procedimento chamado CPRE (colangiopancreatografia retrógrada endoscópica). Isso envolve uma endoscopia (introdução de uma câmera por um longo tubo pela boca até o estômago e o duto biliar) para remover as pedras.

Prevenção

Reduzir a quantidade de alimentos gordurosos na dieta e perder peso gradualmente pode ajudar a evitar novos episódios de colecistite.

Prognóstico

Os sintomas da colecistite podem ser tratados com alívio da dor e antibióticos, e a maioria das pessoas não tem quaisquer complicações. A remoção da vesícula biliar cura esta condição, e a maioria das pessoas se recupera bem após a cirurgia. Os idosos podem estar em maior risco de inflamação severa ou complicada da vesícula biliar e têm mais complicações após sua remoção. A colecistite não tratada ou grave pode levar à pancreatite (inflamação do pâncreas).

Outros nomes

  • inflamação da visícula biliar