1. Ada
  2. Condições
  3. Gastrite crônica

Gastrite crônica

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

Gastrite crônica é uma condição em que a mucosa do estômago fica inflamada por longos períodos de tempo (meses ou anos). Esta inflamação ocorre tipicamente devido a uma infecção do estômago por bactérias conhecidas como Helicobacter pylori em combinação com o uso constante de analgésicos, que degradam o revestimento do estômago. O principal sintoma é uma dor na área acima do estômago.

Riscos

As causas mais comuns de gastrite incluem o uso regular de analgésicos como o ibuprofeno, a presença da bactéria chamada Helicobacter pylori e outras condições que enfraquecem a camada protetora do revestimento do estômago, como refluxo ácido etc. Outras causas, como estresse constante ou enfraquecimento do sistema imunológico também podem afetar a capacidade do revestimento do estômago de se reconstituir.

Sintomas

Os sintomas típicos costumam ser dor epigástrica (dor sentida diretamente acima do estômago), perda de apetite, náuseas e vômitos.

Diagnóstico

O diagnóstico dessa condição é geralmente confirmado por um procedimento chamado endoscopia gastrointestinal superior, onde um longo tubo equipado com uma câmera olha através do aparelho digestivo. Para determinar se os antibióticos são apropriados, se sugere um teste de laboratório para Helicobacter pylori.

Tratamento

Gastrite crônica é geralmente tratada com medicação do tipo inibidores da bomba de prótons e antiácidos. Estes tratamentos visam neutralizar os ácidos do estômago, e ajudam o revestimento do estômago a se regenerar. Se for encontrado o Helicobacter pylori durante o diagnóstico, costuma-se usar antibióticos para erradicá-la.

Prevenção

Gerir o estresse, evitar o excesso de café e consumo de álcool, bem como evitar fumar cigarros pode ajudar na prevenção de gastrite crônica. Os médicos podem recomendar medicação para a dor, e em alguns casos mudar medicação que a pessoa está tomando e que possa ter impacto no revestimento do estômago.

Prognóstico

A perspectiva de sarar depende das causas subjacentes, mas geralmente é muito boa com o tratamento.

Outros nomes

  • inflamação persistente do estômago