1. Ada
  2. Condições
  3. Insuficiência cardíaca crônica

Insuficiência cardíaca crônica

  1. Insuficiência cardíaca crônica

    Insuficiência cardíaca crônica

    Visão geral

    Insuficiência cardíaca crônica é uma incapacidade contínua do coração de bombear suficiente sangue pelo corpo para garantir um suprimento suficiente de oxigênio. As causas são variadas, mas os fatores de risco incluem idade avançada, diabetes, pressão arterial elevada, ser do sexo masculino e estar acima do peso. Os sintomas resultam do acúmulo de sangue no corpo e nos pulmões, e incluem falta de ar, inchaço dos tornozelos, dor no peito, cansaço, tosse e exaustão. Ela afeta mais comumente os idosos e pessoas com outras condições cardíacas, e é tratada principalmente com medicamentos. Não há cura para insuficiência cardíaca crônica, embora os sintomas possam ser atenuados.

    Riscos

    A insuficiência cardíaca ocorre quando o coração já não bombeia sangue suficiente para fornecer oxigênio necessário a todas as partes do corpo. Isto pode ser devido a uma doença do músculo cardíaco (após um ataque cardíaco ou inflamação do músculo cardíaco), ritmos cardíacos anormais, válvulas cardíacas vazando, pressão arterial elevada, anemia (insuficiência de células sanguíneas) ou problemas renais. A insuficiência cardíaca crônica é mais comum em pessoas idosas e em pessoas que têm outras condições cardíacas.

    Sintomas

    Insuficiência cardíaca crônica leva à dificuldade em realizar tarefas diárias devido à falta de ar e cansaço. O coração pode ter problemas em manter a circulação de sangue pelo corpo, causando acumulação de líquidos e inchaço dos pés, pernas e abdômen. O coração pode bater demasiado forte ou irregularmente. Outros sintomas incluem tosse, respiração ofegante, falta de ar quando deitado ou ao realizar atividades leves, lábios ou dedos azuis, retenção de líquidos e cansaço.

    Diagnóstico

    O diagnóstico geralmente é feito com base na história médica e exame físico. O método mais confiável para diagnosticar a insuficiência cardíaca é um ultra-som do coração (chamado de ecocardiograma ou ECO), que permite aos médicos ver como o coração está se movendo e bombeando. Raios X do tórax podem mostrar se o coração está aumentado e se há líquido se acumulando nos pulmões. Um eletrocardiograma (ECG) e exames de sangue também podem ajudar no diagnóstico de insuficiência cardíaca.

    Tratamento

    O tratamento consiste de medicação para controlar a pressão arterial, a freqüência cardíaca e a quantidade de líquido no corpo. Pessoas com insuficiência cardíaca podem ser aconselhados pelo seu médico a reduzir a quantidade de líquido que bebem em um dia. Recomendam-se exercícios rotineiros para manter o coração em boas condições. Se o coração desenvolve um ritmo irregular, um marcapasso pode ajudar a manter o coração batendo normalmente e melhorar a circulação do sangue.

    Prevenção

    A prevenção da insuficiência cardíaca baseia-se em evitar ou tratar qualquer doença subjacente e no tratamento dos fatores de risco. Manter um bom controle da pressão arterial e dos níveis dos líquidos corporais pode ajudar a prevenir o agravamento súbito da função cardíaca. Exercícios regulares e suaves ajudam a manter o músculo cardíaco em boas condições. Pessoas com insuficiência cardíaca crônica devem deixar de fumar e perder peso para ajudar a melhorar seus sintomas.

    Prognóstico

    Embora não haja cura para insuficiência cardíaca crônica, os sintomas podem ser bem controlados.