1. Ada
  2. Condições
  3. Câncer endometrial

Câncer endometrial

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Câncer do endométrio, ou câncer uterino, é um câncer no revestimento interno do útero (endométrio). Essa condição é mais comum em mulheres após menopausa. Os sintomas mais comuns são sangramento vaginal após a menopausa e dor no baixo ventre. O tratamento pode consistir de cirurgia, quimioterapia e radioterapia. A recuperação e o prognóstico dependem do estágio do câncer no momento do diagnóstico.

Riscos

Câncer ocorre quando um grupo de células anormais cresce de forma incontrolável. Estas células tendem a destruir as células normais ao redor delas, e por vezes se espalham para outras áreas do corpo através dos vasos sanguíneos ou linfáticos. O câncer do endométrio se origina das células que revestem o útero. Esta condição é mais comum em mulheres que já passaram da menopausa (mulheres com mais de 50 anos de idade). Outros fatores que aumentam o risco de desenvolvimento de câncer do endométrio incluem obesidade; nunca ter dado à luz; o uso de medicamentos contendo hormônios (incluindo tamoxifeno para tratar o câncer da mama, e terapia de substituição hormonal); e tabagismo. Quem tem um familiar que sofre ou sofreu de câncer do endométrio tem maior risco de desenvolver esta condição.

Sintomas

O sintoma mais comum é a hemorragia vaginal após a menopausa. Pode aparecer como uma hemorragia espontânea, ou sangramento após a relação sexual. Mulheres que ainda não estão na menopausa podem notar sangramento entre períodos menstruais. Outros sintomas incluem dor na parte inferior do abdômen, ou dor na barriga que pode ocorrer durante o ato sexual.

Diagnóstico

O diagnóstico geralmente é feito com base nos sintomas e ultrassonografia do útero. Uma amostra de tecido canceroso (biopsia) é retirada e pesquisada para confirmar o diagnóstico.

Tratamento

O tratamento do câncer uterino depende do tamanho do câncer, do tipo exato de câncer e se o câncer se espalhou. A combinação destes factores determina o estágio do câncer. Dependendo da fase, o câncer endometrial pode ser tratado por radioterapia, cirurgia para retirar o útero, quimioterapia, ou uma combinação de terapias. O médico encarregado do tratamento poderá dar mais aconselhamento a respeito.

Prevenção

O uso de contraceptivos orais (pílula anticoncepcional) pode ajudar a evitar alguns casos de câncer do endométrio. Deixar de fumar e reduzir a ingestão de álcool também pode ser útil.

Prognóstico

Se diagnosticado e tratado numa fase precoce, o câncer endometrial pode ser curado. Se diagnosticado em estágios mais avançados pode ser mais difícil de tratar, com menos chance de uma recuperação total.