1. Ada
  2. Condições
  3. Endometriose

Endometriose

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico

Visão geral

A endometriose é uma condição na qual fragmentos do tecido que reveste o interior do útero (endométrio) aparecem no abdômen ou em outros órgãos. São encontrados principalmente na pélvis ou no abdômen. É mais comum em mulheres entre 25 e 35 anos de idade. Os sintomas mais comuns são menstruação dolorosa com sangramento intenso ou irregular. Embora não haja cura para a endometriose, os tratamentos em geral ajudam bastante a reduzir os sintomas.

Riscos

A endometriose é uma condição em que o revestimento do útero (endométrio) cresce em locais fora do útero. Esse tecido age como o tecido normal, e pode sangrar durante a menstruação, causando os sintomas desta condição. As causas da endometriose ainda não são bem compreendidas, mas é provável que provenha de uma combinação de vários fatores. É mais comum em mulheres com idade entre 25 e 35 anos, e raramente afeta mulheres após a menopausa. Quem tem um membro da família com endometriose tem mais probabilidade de ter endometriose.

Sintomas

Os sintomas ocorrem durante o período menstrual, quando áreas de tecido anormal começam sangrando. Os sintomas típicos são menstruação muito dolorosa e sangramento menstrual intenso ou irregular. Quem tem endometriose pode sentir dor no abdômen ou região lombar, dor ao urinar ou evacuar, dor durante a relação sexual, inchaço, náuseas e vômitos.

Diagnóstico

O diagnóstico geralmente é feito por um médico ou ginecologista experiente com base nos sintomas e num exame ginecológico. Muitas vezes se faz um exame de imagem dos órgãos reprodutores (ovários e útero) para procurar outras causas. A melhor maneira para confirmar o diagnóstico é um procedimento cirúrgico chamado laparoscopia (cirurgia minimamente invasiva), durante a qual fragmentos do revestimento uterino (endométrio) podem ser visto nos órgãos abdominais.

Tratamento

Não há cura para a endometriose, portanto o tratamento consiste em controlar os sintomas. Medicações simples para a dor, como paracetamol, podem amenizar as dores menstruais. Outros tratamentos incluem medicamentos hormonais, que ajudam a estabilizar os níveis hormonais e reduzir o sangramento menstrual, ou medicamentos que impedem a menstruação. Estes tratamentos reduzem os sintomas e retardam o crescimento do tecido anormal. Não havendo melhoras, a remoção cirúrgica do tecido pode ser útil para algumas pessoas.

Prognóstico

Embora não haja cura para a endometriose, os tratamentos são muito úteis para controlar os sintomas. Os sintomas geralmente desaparecem após a menopausa. Complicações dessa condição podem incluir dificuldade para engravidar e formação de tecido cicatricial dentro do abdômen.