1. Ada
  2. Condições
  3. Retinopatia hipertensiva

Retinopatia hipertensiva

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

Retinopatia hipertensiva é uma complicação da hipertensão arterial (pressão arterial elevada). A pressão arterial elevada persistente e não tratada pode causar danos na retina (a parte posterior do olho, responsável pela recepção das imagens para visão). Em geral essa condição afeta as pessoas mais velhas. Os sintomas mais comuns são visão dupla ou fraca, perda de visão e dor de cabeça. A única maneira de tratar a retinopatia hipertensiva é controlar a pressão arterial com mudanças de estilo de vida, medicamentos e exames regulares. Com um bom controle de pressão sanguínea, o dano pode ser interrompido e se pode curar lentamente.

Riscos

A retinopatia hipertensiva é causada pela alta pressão arterial. A alta pressão arterial persistente, se não tratada causa danos aos finos vasos sanguíneos e tecidos na parte de trás do olho. Com o tempo, estes podem sangrar ou entupir. A possibilidade de danos à retina aumenta com a gravidade da alta pressão arterial e por quanto tempo a pessoa está com alta pressão. Em geral, esta condição ataca mais comumente os idosos.

Sintomas

A maioria das pessoas só vai desenvolver sintomas depois de já terem ocorrido danos significativos na retina. Os sintomas geralmente vêm ao longo do tempo, e incluem visão dupla, visão turva, e, finalmente, a perda de visão. Algumas pessoas também sofrem dores de cabeça. Se estes sintomas aparecem muito rapidamente, isso pode ser um sinal de pressão arterial muito alta, e isso deve ser considerado uma emergência médica.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por um médico experiente ou oftalmologista com base nos sintomas, alterações de visão e exame do olho em uma pessoa com pressão arterial elevada.

Tratamento

A retinopatia hipertensiva é tratada controlando-se a pressão arterial elevada. Isso pode ser feito com mudanças de estilo de vida, como parar de fumar, perder peso, fazer exercício regularmente e fazer mudanças na dieta, bem como com a medicação. Estas medidas permitem a cicatrização da retina e evitam que ocorram mais danos.

Prevenção

É possível prevenir esta condição mantendo um bom controle da pressão arterial e, se for o caso, do diabetes. Mudanças de estilo de vida, tais como perda de peso e deixar de fumar também podem ajudar a prevenir esta condição. Pessoas com pressão arterial elevada devem ser examinadas regularmente para detectar problemas nos olhos.

Prognóstico

Pessoas com hipertensão arterial persistente sem tratamento podem ter perda de visão permanente. Elas também estão em maior risco de ter outras consequências da alta pressão arterial, tais como derrames e ataques cardíacos.

Outros nomes

  • lesão na retina, causada por tensão arterial alta