1. Ada
  2. Condições
  3. Doença de Lyme tardia

Doença de Lyme tardia

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Doença de Lyme, também conhecida como borreliose de Lyme, é causada por uma infecção pela bactéria Borrelia burgdorferi. Esta bactéria é transmitida através de mordidas de carrapatos. Pessoas que trabalham ao ar livre ou frequentam áreas rurais são as mais vulneráveis ao carrapato. Se a condição não for diagnosticada ou for deixada sem tratamento, as bactérias podem se disseminar por todo o corpo a partir do local da mordida. Os sintomas tardios e complicações da doença de Lyme se desenvolvem de 6 a 36 meses após a primeira infecção. Alguns sintomas possíveis incluem dor nas articulações, alterações na pele ou complicações neurológicas. Lyme em fase tardia pode ser tratada com antibióticos e a maioria das pessoas se recupera bem, embora os sintomas possam persistir por algum tempo após o tratamento.

Riscos

A doença de Lyme é causada por bactérias chamadas Borrelia burgdorferi. Estas bactérias se propagam através de picadas de carrapatos. Esses carrapatos são encontrados principalmente em áreas arborizadas, rurais em toda a Europa e América do Norte. Essa condição não é transmitida de pessoa pra pessoa. Pessoas que trabalham ao ar livre ou frequentam áreas rurais são as mais afetadas. Embora qualquer pessoa possa ter essa condição, ele tende a ser um pouco mais comum em crianças e em adultos mais velhos. A doença de Lyme tardia em geral se desenvolve de 6 a 36 meses após a picada infecciosa do carrapato .

Sintomas

Os sintomas da doença de Lyme tardia diferem do estágio da doença de Lyme inicial. Na América do Norte, dor e inchaço nas articulações são sintomas muito comuns. Na Europa, as alterações cutâneas são mais comuns. Estas alterações de pele consistem de inchaço, vermelhidão e lesões na pele, normalmente em apenas uma mão ou um pé. Algumas pessoas possam desenvolver problemas neurológicos, esses podem incluir dificuldade de concentração, confusão e formigamento ou dormência nas mãos e nos pés, embora sejam raros.

Diagnóstico

O diagnóstico da doença de Lyme em estágio avançado pode ser muito difícil e geralmente é feito por um especialista em doenças infecciosas. O diagnóstico é suspeitado se a pessoa afetada apresentar a característica erupção cutânea da doença de Lyme e vive ou trabalha em áreas onde os carrapatos estão presentes. O diagnóstico pode ser confirmado com um exame de sangue.

Tratamento

A doença de Lyme em fase tardia geralmente requer tratamento antibiótico por um período de até 28 dias. Às vezes os antibióticos devem ser administrados por via intravenosa (dentro da veia).

Prevenção

É importante evitar picadas de carrapatos usando repelentes contra insetos e roupas de proteção, especialmente em áreas onde sabidamente ocorre a doença de Lyme. Não existe vacina contra essa condição.

Prognóstico

A doença de Lyme tardia em geral pode ser tratada com antibióticos. O prognóstico geralmente é bom embora em algumas pessoas os sintomas possam persistir por mais de 6 meses após o tratamento. Se houver danos nos nervos, os sintomas podem não desaparecer completamente.