1. Ada
  2. Condições
  3. Síndrome nefrótica

Síndrome nefrótica

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico

Visão geral

A síndrome nefrótica é um termo para um grupo de sintomas que ocorrem como um resultado de danos nas pequenas unidades de filtração nos rins. Esta condição muitas vezes provoca inchaço dos pés, mãos e face, e urina espumosa. Muitas condições diferentes podem causar a síndrome nefrótica, e o tratamento dos sintomas depende da causa de base.

Riscos

As pequenas unidades de filtragem dos rins são chamados glomérulos. Eles filtram as impurezas o excesso de água do sangue e normalmente não deixam que proteínas no sangue passem para a urina. Se estes filtros forem danificados, proteína em excesso passam do sangue para a urina e, como resultado, acumula-se fluido no corpo o que provoca inchaço. Existem várias doenças que podem causar danos aos glomérulos e causar os sintomas da síndrome nefrótica. Algumas das mais comuns são as doenças inflamatórias que afetam os glomérulos, o diabetes, pré-eclampsia, mieloma múltiplo, lúpus eritematoso sistémico, amiloidose, algumas infecções e alguns medicamentos.

Sintomas

Os sintomas podem incluir inchaço em torno dos olhos ou nos pés e tornozelos, ganho de peso (devido à acumulação de líquido), espuma na urina, perda de apetite e cansaço. Se uma grande quantidade de líquido se acumular no corpo, o fluido pode, eventualmente, acumular-se no abdómen e no peito, causando uma barriga grande, distendida e falta de ar.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito pelo médico com base nos níveis de proteína no sangue e na urina. Também se faz exames de sangue para verificar a função renal e hepática, e investigar a presença de inflamação. Pode ser necessária uma ultrassonografia, e pode-se retirar uma pequena amostra do rim (uma biópsia) para diagnosticar a causa de base dos danos no rim.

Tratamento

É importante diagnosticar e tratar a condição médica que está causando a síndrome nefrótica. Os medicamentos que podem ajudar a controlar os sintomas podem ser diuréticos (para reduzir a retenção de fluidos no corpo), medicamentos para pressão arterial (para proteger os rins de danos maiores) e medicamentos anti-inflamatórios (para reduzir qualquer inflamação que poderá estar causando danos nos rins). Recomenda-se reduzir a quantidade de sal e líquido que se come e bebe.

Prognóstico

Embora a recuperação após um episódio de síndrome nefrótica seja geralmente boa, ela depende da causa de base, da idade do paciente e de sua resposta ao tratamento. Em casos graves, pode ocorrer insuficiência renal. Isto pode precisar de diálise para substituir a função dos rins, e, eventualmente, de um transplante de rim.