1. Ada
  2. Condições
  3. Câncer de próstata

Câncer de próstata

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

A próstata é uma glândula em forma de noz que fica logo abaixo da bexiga nos homens. O câncer de próstata é um dos cânceres mais comuns em homens. Ele tende a afetar homens com idade superior a 50, se tornando mais comum com a idade. É frequente não ter sintomas nos estágios iniciais, mas quando estes ocorrem, pode haver dificuldades com a micção, perda de peso e cansaço. Como o câncer da próstata só provoca sintomas à medida que progride, o rastreio (exames das pessoas sem sintomas) pode ajudar a identificar o câncer nas fases iniciais. O tratamento depende do tamanho do câncer e se ele já se espalhou no momento do diagnóstico. Esta condição tem uma progressão lenta, e geralmente a recuperação é bem sucedida com tratamento.

Riscos

O câncer ocorre quando as células anormais crescem descontroladamente. Estas células destróem as células normais em torno delas, e pode se espalhar para outras partes do corpo. A próstata é uma glândula em forma de noz localizada abaixo da bexiga. Ela constitui a primeira parte da uretra (o tubo que transporta a urina para fora da bexiga) e produz secreções que compõem o sêmen. O câncer de próstata é um dos cânceres mais comum em homens. Ele costuma afetar os homens com mais de 50, e se torna mais comum com a idade. Os homens que tiveram um membro da família com câncer de próstata têm um risco um pouco aumentado de ter esta condição. Homens de descendência africana também têm um risco ligeiramente maior do que homens de outras origens.

Sintomas

Pode não haver sintomas nas fases iniciais do câncer de próstata. Os sintomas urinários são comuns quando o câncer progride, e podem incluir dificuldade de iniciar a micção, um jato fraco de urina e pingamento no final da micção. À medida que o câncer avança, algumas pessoas perdem peso, se sentem cansadas e doentes.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito com base nos sintomas e no exame físico, quando o médico sente ao palpar uma próstata rígida e nodosa. Exames de sangue e de imagem (ultra-som ou TC) também são realizados. O diagnóstico é confirmado quando uma pequena amostra da próstata (uma biópsia) é retirada, mostrando sinais de câncer na próstata.

Tratamento

Existem várias opções para o tratamento do câncer de próstata, dependendo do tamanho do câncer e se ele já se espalhou. A saúde geral da pessoa afetada também influencia a escolha do tratamento. Como o câncer de próstata frequentemente se desenvolve muito lentamente, um médico pode recomendar exames regulares e nenhum outro tratamento para as pessoas com um câncer pequeno, especialmente em homens mais velhos, ou homens com problemas de saúde. O câncer da próstata exige um tratamento que envolve a remoção da próstata, junto com terapia hormonal, radioterapia ou quimioterapia, ou uma combinação destes. O médico pode dar melhores conselhos nos casos individuais. Se o câncer de próstata não for curável, são oferecidos tratamentos que visam melhorar os sintomas e qualidade de vida .

Prevenção

A detecção precoce é importante, exames clínicos e de rastreio (exames em pessoas sem sintomas) regulares são úteis na prevenção de casos avançados de câncer de próstata.

Prognóstico

O prognóstico após um diagnóstico de câncer da próstata varia amplamente, dependendo do estágio do câncer no momento do diagnóstico. Pessoas que são diagnosticadas precocemente tendem a recuperar bem com o tratamento.