1. Ada
  2. Condições
  3. Embolia pulmonar

Embolia pulmonar

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

A embolia pulmonar é uma condição médica causada por um bloqueio das artérias (grandes vasos sanguíneos) dos pulmões por um coágulo de sangue, uma bolha de ar ou por gordura. A causa mais comum é um coágulo de sangue que viaja desde as pernas até aos pulmões e existem várias causas possíveis para isso. Os sintomas mais comuns são falta de ar e uma dor no peito que piora ao respirar profundamente. O tratamento consiste na remoção do bloqueio, o que é muitas vezes feito com medicamentos para afinar o sangue que dissolvem o coágulo. Se a pessoa for diagnosticada e tratada rapidamente, os prospectos após a embolia pulmonar são bons.

Riscos

Um êmbolo é um coágulo ou um tampão que não foi dissolvido pelo sangue e que se desloca pela corrente sanguínea através dos vasos. Eles tendem a se deslocar até que os vasos sanguíneos se tornem demasiado pequenos para o coágulo continuar. Ao parar, ele bloqueia o vaso sanguíneo, o que faz com que os tecidos no final do vaso fiquem deprivados de oxigênio e nutrientes. Embolia pulmonar é o termo médico usado quando isso ocorre nos pulmões. Ocorre mais comumente como resultado de um coágulo de sangue que se forma nas pernas e vai até os pulmões, mas há várias causas menos comuns, como uma bolha de ar grande no sangue, ou gordura que entra na corrente sanguínea. Esta condição é comum e tende a afetar os adultos mais velhos com mais frequência do que as pessoas mais jovens. Há algumas coisas que incentivam a formação de coágulos sanguíneos nas pernas e aumentam o risco de se ter esta condição: fatores como fumar, períodos prolongados numa mesma posição sentada ou deitada, além de certas condições médicas, especialmente o câncer, a vasculite, e as condições que fazem com que o sangue coagule mais facilmente (síndrome antifosfolípido). As pessoas que passaram recentemente por cirurgia de grande têm também maior risco. Mulheres grávidas e mulheres que tomam a pílula anticoncepcional têm um maior risco de desenvolver uma embolia pulmonar.

Sintomas

Os sintomas típicos da embolia pulmonar são a falta de ar e uma dor no peito que piora quando se respira profundamente. Outros sintomas são a tosse, tonturas, uma coloração azul na pele e perda de consciência. As pessoas com um coágulo de sangue na perna também podem ter vermelhidão e inchaço da perna.

Diagnóstico

Pode-se suspeitar de embolia pulmonar com base nos sintomas e no exame físico, mas geralmente exames adicionais são necessários para confirmar o diagnóstico, tais como exames de sangue e de imagem do tórax e pulmões.

Tratamento

A embolia pulmonar causa muitas vezes uma emergência médica. O tratamento consiste em certificar-se que a pessoa afetada fique estável, removendo-se a causa e tomando medidas para evitar futuros coágulos. Se a causa é um coágulo de sangue, isso pode exigir medicamentos para afinar o sangue e dissolver o coágulo. Outras causas podem exigir uma cirurgia de emergência, mas é raro. As pessoas que estão em situação de risco de futuros coágulos sanguíneos e embolia pulmonar podem precisar tomar medicamentos para afinar o sangue por um longo prazo. Se isto não for uma opção, pode-se colocar um filtro nos grandes vasos sanguíneos que vai das pernas para o coração e os pulmões, o que ajuda a prevenir coágulos futuros. Isto é chamado filtro da veia cava inferior (um grande vaso sanguíneo).

Prevenção

Tomar medidas para prevenir os coágulos sanguíneos nas pernas, especialmente em pessoas que estejam em risco, ajuda a evitar a embolia pulmonar. Isso pode ser feito usando meias elásticas que ajudem o fluxo sanguíneo, evitar o ficar deitado ou sentado por muito tempo.

Prognóstico

O desfecho depende da causa da embolia pulmonar, o tamanho do coágulo sanguíneo e da saúde geral da pessoa afetada. Se reconhecida e tratada rapidamente, o resultado é sempre bom. Pessoas em risco de futuros coágulos sanguíneos e embolia pulmonar podem precisar de tomar medicamentos para diluir o sangue por tempo prolongado. Se o bloqueio for grande, a embolia pulmonar pode ser uma condição que leva a risco de vida.

Outros nomes

  • coágulo sanguíneo nos pulmões