1. Ada
  2. Condições
  3. Artrite reactiva

Artrite reactiva

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Artrite reativa é uma condição onde as articulações ficam inflamadas em consequência de uma infecção em outra parte do corpo. Isso ocorre como resultado da reação do sistema imunológico à infecção. As causas podem ser infecções sexualmente transmissíveis (DSTs), infecções do trato urinário e infecções gastrointestinais (intoxicação alimentar, gastro, etc.). Esta condição atinge mais comumente adultos jovens. Os sintomas podem ser diferentes de uma pessoa para outra, mas quase sempre são dor nas articulações, dores musculares e sensação de cansaço. Não há nenhum exame específico para diagnosticar esta condição, por isso é importante que o médico saiba ou descubra que a pessoa com artrite reativa teve uma infecção no período que antecedeu os sintomas. O tratamento consiste em tratar a infecção subjacente e tratar dos sintomas com medicamentos anti-inflamatórios, tais como ibuprofeno. A maioria das pessoas melhora em algumas semanas, mas os sintomas podem persistir por até um ano.

Riscos

Artrite reactiva ocorre como resultado de uma reação generalizada do sistema imune a uma infecção em uma área. A causa ainda não é bem compreendida. As infecções que causam esta condição são geralmente causadas por uma bactéria. As causas mais comuns são doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), infecções do trato urinário e infecções gastrointestinais, especialmente intoxicação alimentar. Algumas pessoas tem um gene (HLA-B27) que as torna mais susceptíveis a patologias das articulações, incluindo a artrite reativa.

Sintomas

Os sintomas de artrite reativa podem ser diferentes de pessoa a pessoa. O sintoma mais comum é dor nas articulações, inchaço e rigidez que vem após uma infecção. As articulações mais comumente afetadas são os joelhos e quadris, mas também podem ser afetados o ombro, o cotovelo e dedos das mãos e as coluna. Muitas pessoas também sentem dores musculares, febre e sentem-se cansadas. Outras partes do corpo também podem ser afetados. Dependendo da parte do corpo afetada, isso pode causar sintomas como olhos vermelhos, lacrimejantes, dor ao urinar, dor abdominal e úlceras na boca ou na pele, entre outros. Os sintomas em geral aparecem dentro de 4 semanas após a infecção que causou a artrite reativa.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito com base nos sintomas e exame clínico em alguém que recentemente teve outra infecção. Não há nenhum exame específico que confirme o diagnóstico de artrite reativa, mas pode-se fazer alguns exames para encontrar a causa subjacente da doença e excluir outras causas para os sintomas. Isto pode incluir exames de sangue, de urina e raio-X das articulações afectadas.

Tratamento

O tratamento envolve o tratamento da infecção subjacente e gestão dos sintomas da artrite reativa. A maioria das infecções que causam artrite reactiva são bacterianas e podem ser tratadas com antibióticos, uma vez que a causa tenha sido identificada. A artrite reativa ela mesma não tem tratamento. A dor articular e rigidez podem ser tratadas com simples medicamentos anti-inflamatórios, como ibuprofeno. Se os sintomas persistem e a infecção já foi tratada, podem ser utilizados outros medicamentos, incluindo medicamentos esteróides e medicamentos anti-inflamatórios mais fortes.

Prevenção

Tratar as infecções com antibióticos pode ser útil para prevenir alguns casos de artrite reativa. Para ajudar a impedir que as bactérias que podem causar esta condição se espalhem deve-se praticar sexo seguro e manter uma boa higiene na preparação de alimentos.

Prognóstico

Os sintomas da artrite reativa normalmente melhoram em algumas semanas, mas podem durar até um ano. Em algumas pessoas, a artrite reativa pode retornar depois de anos. Podem ocorrer complicações, por exemplo, danos permanentes às articulações e problemas no coração mas é raro.