1. Ada
  2. Condições
  3. Colelitíase sintomática

Colelitíase sintomática

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Colelitíase é uma condição em que se formam cálculos biliares (pedras biliares) na vesícula biliar, no fígado ou no canal biliar. A vesícula biliar armazena a bile, um líquido produzido pelo fígado para digerir alimentos gordurosos. Depois de comer, a vesícula biliar injeta a bile pelo canal biliar até o intestino. Os cálculos biliares geralmente se desenvolvem por muito tempo e já existem antes de ocorrerem sintomas. É uma condição comum que pode afetar a todos, mas ocorre mais frequentemente em mulheres do que nos homens e se torna mais comum com a idade. Os sintomas típicos são dores repetidas, de curta duração, na região superior e superior direita da barriga.

Riscos

Os cálculos biliares são mais comuns em mulheres e pessoas com excesso de peso. Se tornam mais comuns com a idade, e são raros em crianças e adolescentes. Os cálculos biliares se formam ao longo do tempo e às vezes não provocam sintomas. Sintomas aparecem quando um cálculo biliar fica preso na saída da vesícula biliar, ou em um duto biliar quando a vesícula biliar aperta para enviar bile ao intestino.

Sintomas

Os sintomas típicos de colelitíase incluem dor na barriga no canto superior direito e náusea. Outros sintomas podem incluir vómitos e inchaço. A dor pode ser pior depois de comer, especialmente depois da ingestão de alimentos gordurosos.

Diagnóstico

O diagnóstico é baseado na avaliação dos sintomas e exame físico. A ultrassonografia pode mostrar a presença de cálculos biliares na vesícula biliar ou no duto biliar. Podem ser necessários exames de sangue para confirmar a infecção e avaliar a função hepática .

Tratamento

O tratamento de colelitíase envolve a gestão de dor e, finalmente, a remoção dos cálculos biliares. Medicamentos para aliviar a dor (ibuprofeno, paracetamol) podem ser úteis para controlar a dor. Algumas pessoas podem precisar de antibióticos se houver sinais de infecção do duto da vesícula biliar ou bile. A remoção cirúrgica da vesícula biliar (uma colecistectomia) é um procedimento comum e é útil na cura de colelitíase sintomática.

Prevenção

Evitar alimentos gordurosos e perder peso gradualmente pode ajudar a evitar episódios de sintomas.

Prognóstico

Pessoas com cálculos biliares podem ter apenas sintomas ocasionais, ou podem ter sintomas que são controlados com medicamentos anti-inflamatórios. Se uma pessoa é saudável a remoção cirúrgica da vesícula biliar ajuda a curar esses sintomas, e a maioria das pessoas se recupera sem complicações.