1. Ada
  2. Condições
  3. Colite ulcerativa

Colite ulcerativa

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico
  7. Outros nomes

Visão geral

Colite ulcerosa pertence a um grupo de condições conhecidas como doenças inflamatórias do intestino (DII). A colite ulcerativa é uma inflamação crônica (recorrente ou de longa duração), do sistema digestivo. A colite ulcerosa usualmente afeta o cólon (intestino grosso) e o reto (a última parte do intestino, que termina com o ânus). Os principais sintomas são diarréia recorrente, muitas vezes com sangue ou pus, e dor com cólicas na barriga. O tratamento envolve a medicação anti-inflamatória para tratar episódios severos e reduzir a frequência dos episódios de sintomas. A colite ulcerativa é uma doença para toda a vida, que pode ser controlada, mas não curada.

Riscos

A colite ulcerosa é uma doença auto-imune. Isto significa que o sistema imunológico do corpo erroneamente prejudica o tecido corporal saudável. Este processo (inflamação) faz o intestino inchar e sangrar, e afeta a sua capacidade de absorver nutrientes. Embora a condição possa afetar qualquer faixa etária, a maioria das pessoas desenvolvem colite ulcerativa entre as idades de 15 e 30 anos ou entre 50 e 70 anos de idade. Dieta e estresse não causam a doença, mas podem agravá-la. Ter um parente consanguíneo com colite ulcerosa aumenta a chance da pessoa desenvolver esta condição.

Sintomas

Os sintomas típicos incluem diarréia prolongada e cólicas abdominais. Pode haver sangue e pus nas evacuações. As pessoas com colite ulcerativa também muitas vezes podem sentir uma necessidade premente de evacuar, às vezes sem passagem das fezes. Esta condição também pode causar cansaço, febre e perda de peso.

Diagnóstico

O teste padrão para diagnosticar a colite ulcerosa é uma colonoscopia (uma câmara é introduzida através do ânus para examinar o intestino). Uma amostra (biópsia) do intestino é recolhida e analisada a fim de confirmar o diagnóstico. Alguns exames de sangue podem ser necessários para monitorar a inflamação e verificar se há complicações, como anemia. Pode ser necessária uma amostra de fezes para excluir outras causas de diarreia persistente e dor de barriga.

Tratamento

O tratamento mais comum consiste em tomar medicamentos anti-inflamatórios para suprimir a reacção inflamatória no intestino. Este tratamento pode ajudar a suprimir os episódios graves ou prolongar os intervalos livres de doença, mas não a cura. Reduzir a ingestão de produtos lácteos, alimentos gordurosos e fibras pode ajudar a reduzir os sintomas. Pode ser útil consultar um nutricionista.

Prognóstico

As pessoas afetadas por colite ulcerativa têm episódios ou fases onde os sintomas melhoram ou pioram. O tratamento pode ajudar a suprimir os episódios graves ou prolongar os intervalos livres de doença, mas não cura a doença. Pode ser necessária a remoção cirúrgica do cólon e do reto para as pessoas que tem pouco ou nenhum alívio com outros tratamentos ou para aqueles que desenvolvem uma complicação grave da colite ulcerativa. As pessoas com colite ulcerativa podem ter um maior risco de desenvolver câncer de cólon e o checkup regular (o teste para câncer sem sintomas) é parte do controle a longo prazo da colite ulcerosa.

Outros nomes

  • doença inflamatória intestinal