1. Ada
  2. Condições
  3. Meningite viral

Meningite viral

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

meningite viral é uma infecção virai das meninges (as membranas que envolvem o cérebro e medula espinal). Há muitos vírus que podem causar esta infecção e muitos destes vírus são muito comuns. A meningite viral é mais comum em recém-nascidos e crianças pequenas. Os sintomas da meningite viral incluem dor de cabeça, náuseas, vômitos, irritabilidade, perda de apetite e sonolência. Embora as crianças mais velhas e adultos muitas vezes não necessitem nenhum tratamento específico para a meningite viral, recém-nascidos e crianças pequenas podem precisar de medicamentos anti-virais. Os recém-nascidos e crianças têm um risco maior de complicações após um episódio de meningite viral. Vacinações e boa higiene podem ajudar a prevenir alguns casos de meningite viral.

Riscos

A meningite viral é a causa mais comum de meningite. Ela afeta mais comumente recém-nascidos, lactentes e crianças, embora possa afetar pessoas de qualquer idade. Muitos vírus comuns podem causar meningite viral, incluindo o virus da gripe, vírus da herpes e da doença mão-pé-boca. Causas virais menos comuns são papeira, sarampo, o vírus da imunodeficiência humana (HIV), vírus da poliomielite e vírus do Nilo Ocidental, embora existam muitos mais. As crianças que não cumpriram inteiramente o programa de vacinas podem estar em maior risco de meningite viral. Recém-nascidos e crianças que estão em contato com pessoas com infecções virais também estão em maior risco de ter esta condição.

Sintomas

Os sintomas típicos desta doença incluem dor de cabeça, rigidez de nuca, febre, náuseas e vômitos. Os recém-nascidos e bebês podem ter perda de apetite, podem chorar ou ficar anormalmente irritáveis ou sonolentos. As infecções virais também podem causar sintomas de infecção em outras partes do corpo ao mesmo tempo, como uma erupção cutânea ou falta de ar.

Diagnóstico

O diagnóstico é baseado nos sintomas, exame clíico e testes de uma amostra de líquido cefalorraquidiano (o fluido nas meninges ao redor do cérebro e da coluna) para sinais de meningite nas meninges e para excluir a possibilidade de uma infecção bacteriana. Este exame também é utilizado para identificar o vírus específico que causa a infecção.

Tratamento

Em crianças mais velhas e adultos, nenhum tratamento específico é necessário na maioria dos casos. Essas pessoas devem ter um tratamento para seus sintomas. Acetaminofeno (paracetamol) pode ser útil para tratar dores de cabeça, e essas pessoas também devem tomar bastante líquido. Recém-nascidos e crianças pequenas, ou pessoas com sinais de complicação, pode exigir medicação anti-viral para combater o vírus que causa a infecção.

Prevenção

Algumas causas comuns de meningite viral são evitáveis através de vacinação. Cumprindo o esquema de vacinação recomendado pode ajudar a prevenir alguns casos de meningite. Uma boa higiene, tal como lavar as mãos, também pode ajudar a evitar a meningite viral.

Prognóstico

Os recém-nascidos estão em maior risco de ter complicações após um episódio de meningite viral, e podem sofrer graves consequências, como inchaço no cérebro, dificuldades de aprendizagem, surdez ou convulsões. Nesta faixa etária, a meningite viral pode ser fatal. As crianças mais velhas e adultos geralmente começam a se sentir melhor dentro de 7 a 10 dias após ter tido meningite viral, e se recuperam bem. A recuperação total pode levar semanas. Nessa faixa etária é raro desenvolver complicações de longa duração depois de ter tido meningite viral .

Outros nomes

  • infecção viral ao redor do cérebro e da medula espinhal