1. Ada
  2. Condições
  3. Hipoglicemia

Hipoglicemia

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Hipoglicemia se refere a um baixo nível de açúcar no sangue (hipo significa baixo, e glicemia é uma palavra para designar açúcar ou glicose no sangue). O açúcar é uma importante fonte de energia para o corpo. Os sintomas de níveis baixos de açúcar no sangue costumam ser dor de cabeça, nervosismo, tremor, dificuldade de concentração, suor e náuseas. O tratamento da hipoglicemia consiste em dar açúcar através de alimentos ou bebidas. Em casos mais graves, diluído em fluidos administrados diretamente na corrente sanguínea. A maioria das pessoas se recupera bem, mas a hipoglicemia severa pode ser fatal e requer tratamento precoce.

Riscos

O açúcar é uma importante fonte de energia para o corpo e é o combustível mais importante para o cérebro. O corpo pode compensar parcialmente níveis baixos de açúcar no sangue, mas eventualmente precisa de alimento para produzir açúcar rapidamente. Hipoglicemia pode ocorrer em qualquer pessoa, embora algumas pessoas sejam mais propensas a ter episódios de hipoglicemia. Pessoas com diabetes que tomam medicamentos para controlar seus níveis de açúcar no sangue, pessoas que não comem regularmente e atletas têm um risco aumentado de ter um episódio de hipoglicemia, assim como as pessoas com condições médicas que afetam seu fígado e pâncreas. Em casos raros, um câncer que produz excesso de insulina pode causar episódios repetidos de hipoglicemia.

Sintomas

Os sintomas típicos da hipoglicemia são dores de cabeça, tonturas, dificuldade de concentração, nervosismo, irritabilidade e movimentos descoordenados. Pessoas com hipoglicemia podem começar a suar, tremer e sentir náuseas. Elas também podem sentir fome. Se ocorrer hipoglicemia severa o cérebro pode não poder funcionar corretamente. Os sintomas de hipoglicemia grave são sonolência ou coma, fraqueza muscular, convulsões, respiração lenta e desmaio.

Diagnóstico

O diagnóstico é baseado nos sintomas e na medição do nível de açúcar no sangue. O tratamento não deve ser adiado por mais exames de diagnóstico para encontrar a razão subjacente.

Tratamento

O tratamento de um episódio de hipoglicemia é dar açúcar. Se a pessoa afetada estiver totalmente acordada, beber meia xícara de uma bebida doce (suco de fruta ou refrigerante não dietético) ou comer 5 ou 6 balas (cerca de 15g de açúcar) deve ajudar a melhorar os sintomas. A pessoa deve então comer uma refeição ou lanche. Se a pessoa estiver sonolenta ou inconsciente ela pode precisar de soluções de glicose por via intravenosa, ou alternativamente uma injeção de glucagon (um hormônio produzido pelo pâncreas e que funciona aumentando os níveis de glicose no sangue, fazendo com que o fígado converta glicogênio armazenado em glicose).

Prevenção

Pessoas que tomam medicamentos para reduzir os níveis de açúcar no sangue devem aprender a reconhecer e a tratar a hipoglicemia. Comer regularmente pode ajudar a prevenir episódios de hipoglicemia.

Prognóstico

Com tratamento rápido, a maioria das pessoas se recupera bem de um episódio de hipoglicemia. Se não tratada, esta pode levar à incapacidade grave, danos cerebrais ou morte.