1. Ada
  2. Condições
  3. Impetigo

Impetigo

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico
  8. Outros nomes

Visão geral

Impetigo é uma infecção bacteriana da pele. É causada por bactérias estafilococos ou estreptococos. É uma infecção relativamente comum, e em geral afeta as crianças em idade escolar. Ela é facilmente transmitida pelo contato de pele com pele, ou em objetos tocados por alguém com a infecção. Provoca inchaços ou feridas indolores que coçam, e se tornam bolhas que se rompem deixando uma crosta castanho claro. A infecção pode levar várias semanas para sarar, mas os antibióticos encurtam o tempo necessário para sarar e reduzir a propagação das bactérias. Com o tratamento adequado, a maioria das pessoas se recupera bem.

Riscos

Impetigo ocorre quando as bactérias que normalmente vivem no corpo penetram por pequenas fissuras na pele e começam a crescer demais. Essas bactérias em geral são estafilococos e estreptococos, bactérias que também causam outros problemas médicos, tais como amigdalite, furúnculos e infecções em ferida. Esta condição pode afetar pessoas de todas as idades, embora mais comumente afeta as crianças. Impetigo é mais comum nos meses quentes do ano, e em lugares com pouco acesso a cuidados de saúde.

Sintomas

O impetigo começa como um ponto inchado vermelho. Isto pode ocorrer na face, braços, pernas, tronco ou nas nádegas. Esta saliência ou saliências pode evoluir para uma bolha ou uma ferida aberta, que forma uma crosta amarelo-castanho. As feridas dão coceira, mas são indolores.

Diagnóstico

O diagnóstico geralmente é feito com base no aparecimento da erupção cutânea. Podendo ser confirmado através da pesquisa do fluido das feridas para presença de bactérias estafilocócicas ou estreptocócicos.

Tratamento

Trata-se o impetigo mantendo as feridas limpas. Isto pode ser feito utilizando-se sabões pouco irritantes e loções anti-sépticas, como loções contendo iodo, juntamente com cremes antibióticos. Sempre que possível, as feridas devem ser mantidos cobertas. Se houver uma infecção generalizada, pode ser necessário tomar antibióticos por boca.

Prevenção

As pessoas com impetigo devem ficar em casa e não ir à creche, escola ou trabalho até que as feridas formem uma crosta ou já tiverem tido 24 horas de tratamento com antibiótico. As feridas devem ser cobertas quando volta para a escola ou para o trabalho. Manter boas medidas de higiene, como lavar as mãos, as roupas de cama e objetos usados ​​pela pessoa afetada, pode ajudar a prevenir a propagação da infecção.

Prognóstico

Sem tratamento com antibiótico, o impetigo em geral melhora em três semanas. Os tratamentos com antibióticos podem reduzir esse prazo para 1 ou 2 semanas. A maioria das pessoas que têm impetigo não terá problemas de saúde em consequência. Os recém-nascidos, no entanto, tem risco de complicações, como a meningite (uma infecção nos tecidos em torno do seu cérebro) ou na corrente sanguínea.

Outros nomes

  • infecção bacteriana da pele