1. Ada
  2. Condições
  3. Síndrome do intestino irritável

Síndrome do intestino irritável

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico

Visão geral

A síndrome do intestino irritável é uma doença de longa duração que afecta o cólon (intestino grosso). Essa síndrome do intestino irritável é comum, e especialmente diagnosticada em jovens e mulheres. As suas causas não são completamente compreendidos, mas parece que contribuem o estresse e sensibilidade a certos alimentos. Os principais sintomas são dor de barriga, inchaço e diarreia ou intestino preso. É importante uma avaliação médica para excluir outras possíveis causas para os sintomas antes de dar o diagnóstico da síndrome do intestino irritável. Embora essa síndrome não possa ser tratada ou curada, muita gente acha que pode evitar coisas que fazem seus sintomas piorarem, e que estes melhoram ao longo do tempo.

Riscos

A síndrome do intestino irritável tende a afetar mais frequentemente as mulheres do que homens. Esta condição tende a ser mais diagnosticada em pessoas jovens, embora possa afetar pessoas de todas as idades. As causas da síndrome do intestino irritável não são totalmente compreendidas, mas supõe-se que o estresse e sensibilidade a certos alimentos contribuam.

Sintomas

Os sintomas da síndrome do intestino irritável podem variar muito de pessoa para pessoa. Os sintomas mais comuns são dor abdominal, cólicas, inchaço, gases, diarreia ou prisão de ventre e muco nas fezes. Os sintomas podem melhorar após a evacuação. Os sintomas podem ser desencadeados por estresse ou alimentos, e estes podem variar de uma pessoa para outra.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por um médico que avalia os sintomas e faz um exame físico. É importante que o médico exclua outras causas possíveis para os sintomas antes de fazer um diagnóstico da síndrome do intestino irritável, e isso pode envolver alguns exames. Pode-se pedir à pessoa que mantenha um diário alimentar para ver quais alimentos pioram sistematicamente os sintomas. Pode-se fazer um endoscopia gastrointestinal (uma longa câmera introduzida através da boca ou ânus para olhar o estômago e intestinos). Outros testes podem incluir testes de sangue, testes de respiração para a intolerância à lactose, raios-X ou uma tomografia computorizada (CT).

Tratamento

Não existe um tratamento que vise especificamente a síndrome do intestino irritável, mas existem várias formas de aliviar os sintomas. Para muita gente, é útil evitar alimentos que desencadeiam os sintomas. Estes incluem (entre muitos outros) alimentos que causam gases (brócolis, couve, feijão), alimentos gordurosos e alimentos com cafeína. Muitas pessoas acham que ajuda fazer exercício regularmente. O estresse pode ser um gatilho importante de sintomas. Aprender a gerir o estresse pode ser benéfico. Medicação pode ajudar no alívio da obstipação ou da diarreia.

Prognóstico

Embora a síndrome do intestino irritável seja uma condição que não pode ser curada, muitas pessoas aprendem a controlar seus sintomas e descobrem que estes melhoram ao longo do tempo. A maioria das pessoas não desenvolve quaisquer complicações a longo prazo, como resultado desta condição.