1. Ada
  2. Condições
  3. Litíase renal

Litíase renal

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prognóstico

Visão geral

Pedras nos rins ou, nefrolitíase, é uma condição comum em que se formam pequenas pedras no tubos que ligam os rins e a bexiga. Os cálculos renais são mais comuns em homens do que nas mulheres, e tendem a ocorrer em adultos entre as idades de 20 e 50 anos. Os sintomas ocorrem quando uma pedra sai do rim e entra no ureter que é mais apertado (o tubo entre o rim e a bexiga) no seu caminho para a bexiga. Os sintomas típicos são a dor intensa nas costas e na barriga, dificuldade em urinar e urina vermelha ou castanho. Os métodos de tratamento mais comuns incluem boa hidratação, o alívio da dor e às vezes litotripsia (quebrar a pedra com ondas de choque). A maioria das pessoas se recupera totalmente, sem quaisquer complicações.

Riscos

Os cálculos renais são mais comuns em homens, e em adultos entre 20 e 50 anos de idade. São muito raros em crianças. As pedras nos rins também são mais comuns em pessoas que têm gota ou que têm um membro da família que também sofre de pedras nos rins. Infecções do tracto urinário também podem levar a pedras nos rins. Outros fatores de risco geral são desidratação e estar acima do peso ou obeso.

Sintomas

Os sintomas típicos são dor intensa nas costas e nos flancos, dificuldade em urinar e libertar apenas pequenas quantidades de urina de cada vez. A dor é frequentemente em cólica ou como um espasmo, e tende a vir em ondas. Algumas pessoas também podem ter náuseas, vômitos e podem ter urina vermelha ou marrom. Os sintomas ocorrem quando uma pedra sai do rim e entra no ureter que é mais apertado (o tubo entre o rim e bexiga).

Diagnóstico

O diagnóstico de pedras nos rins frequentemente é baseado nos sintomas típicos e exame clínico. Um teste rápido da urina pode mostrar resultados de sangue e pus na urina, e ajudar a confirmar a suspeita de pedra nos rins. Muitas vezes se faz uma radiografia, ultra-sonografia ou tomografia computadorizada (CT) para confirmar a posição e tamanho da pedra.

Tratamento

O tratamento varia de acordo com o tamanho da pedra e da gravidade dos sintomas. Pequenas pedras geralmente passam sem necessidade de assistência médica. Beber muita água pode ajudar a lavar a pedra para fora do sistema urinário. Em geral é necessário administrar medicação para dor ao passar uma pedra nos rins. Pedras grandes podem precisar de ajuda para passar. Isto pode envolver a litotripsia (quebrar a pedra com ondas de choque), a remoção cirúrgica de pedras ou a remoção da pedra com um uroscópio (pequeno tubo com uma câmara).

Prognóstico

As pedras nos rins quando pequenas geralmente passam com a urina em alguns dias. As pedras maiores podem precisar de tratamento para passar. Pedras nos rins muitas vezes ocorrem novamente. As grandes pedras nos rins não tratadas podem, eventualmente, causar infecções do trato urinário e danos nos rins.