1. Ada
  2. Condições
  3. Câncer de orofaringe

Câncer de orofaringe

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

O câncer orofaríngeo é um câncer que aparece na boca ou na garganta. Ele afeta mais os homens do que as mulheres, e é diagnosticado com mais frequência entre os 60 e os 70 anos de idade. Mascar tabaco ou fumar, consumo de álcool e algumas infecções aumentam o risco de contrair câncer de orofaringe. Os sintomas dessa doença são, entre outros, uma alteração na voz, dificuldade em engolir, a garganta persistentemente irritada e a sensação de ter um caroço na garganta. O diagnóstico envolve retirar uma pequena amostra (biópsia) do tecido para investigar para presença do câncer. O tratamento depende do tamanho do câncer e se ele já se espalhou no momento do diagnóstico. O tratamento muitas vezes envolve uma combinação de cirurgia, quimioterapia e radioterapia. O resultado depois de um diagnóstico de câncer de orofaringe depende do estágio do câncer. As pessoas cujo câncer é o resultado de uma infecção viral tendem a ter uma melhor chance de recuperação.

Riscos

Câncer ocorre quando um grupo de células anormais cresce descontroladamente. Estas células destroem as células normais ao seu redor e podem se espalhar para outras áreas do corpo. O câncer orofaríngeo ocorre na boca, língua e garganta. Afeta mais os homens que as mulheres, sendo diagnosticado mais comumente entre as idades de 60 a 70. As pessoas que fumam, mascam tabaco, consomem bebidas alcoólicas, que têm um sistema imunológico fraco, ou que sofreram radiação no pescoço têm um risco maior de desenvolver esta condição. Algumas infecções virais, mais comumente o vírus da verruga (o vírus do papiloma humano), também são conhecidas por aumentarem o risco de contrair esta condição.

Sintomas

Os sintomas do câncer orofaringeo são, entre outros, dificuldade em engolir, garganta ou ouvido permanentemente doloridos, tosse, mau hálito, alterações na voz, perda de peso inexplicada, e a sensação de ter um caroço na garganta. Pode haver também um nódulo de crescimento lento ou uma úlcera que não se cura.

Diagnóstico

O diagnóstico baseia-se nos sintomas, exame físico e retira-se uma pequena amostra do câncer (uma biopsia) que é pesquisada para a presença de células cancerígenas. Podem ser necessárias outras pesquisas para determinar o estágio do câncer.

Tratamento

O tratamento de câncer de orofaringe depende do estágio em que se encontra no momento do diagnóstico. Isto é decidido pelo tamanho do câncer, seu tipo exato e se ele se espalhou. O câncer pode ser tratado com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, ou uma combinação destes todos. O profissional médico que está tratando poderá dar os melhores conselhos sobre o tratamento em cada caso.

Prevenção

Deixar de fumar e reduzir a ingestão de álcool pode ajudar a prevenir alguns episódios de câncer de orofaringe. Praticar sexo seguro também pode também pode ajudar a prevenir esta condição

Prognóstico

O prognóstico depende do tipo de câncer e do estágio em que foi diagnosticado. Pessoas cujo câncer foi causado pelo vírus da verruga tem uma melhor chance de recuperação.