1. Ada
  2. Condições
  3. Infecção por poliovírus

Infecção por poliovírus

  1. Visão geral
  2. Riscos
  3. Sintomas
  4. Diagnóstico
  5. Tratamento
  6. Prevenção
  7. Prognóstico

Visão geral

Infecção por poliovírus é uma doença infecciosa causada pelo poliovírus. Este vírus infecta o sistema nervoso e pode levar à fraqueza ou paralisia muscular (incapacidade total de mover os músculos). Esta condição é muito incomum, posto que a imunização fez com que o vírus tenha sido erradicado de muitos países. Pessoas não imunizadas contra a pólio e que viajam para áreas onde o poliovírus ainda está ativo tem risco de contrair uma infecção de poliomielite. As crianças menores de 5 anos de idade são mais comumente afetadas. Os sintomas podem incluir febre, dor de garganta, dores de cabeça e dores musculares. Algumas pessoas, mas não todas, passam a desenvolver fraqueza muscular. A infecção por poliovírus não pode ser curada e o tratamento geralmente só controla os sintomas. As perspectivas após uma infecção poliovírus dependem da gravidade dos sintomas, mas pode causar incapacidade permanente ou morte.

Riscos

Poliomielite é causada pelo vírus da pólio. O vírus é transmitido por contato direto com uma pessoa infectada ou pelo muco e fezes infectadas. Embora este vírus tenha sido eliminado da maioria dos países do mundo, ainda ocorrem episódios ou surtos de pólio. Os surtos tendem a ocorrer mais frequentemente nos meses de verão. Embora pessoas de qualquer faixa etária possam ser infectadas, as crianças menores de 5 anos são afetadas com mais frequência. Pessoas não imunizadas contra a pólio e que viajam para áreas onde o poliovírus ainda está ativo tem risco de contrair a póliomielite.

Sintomas

Os primeiros sintomas de uma infecção por poliovírus se assemelham a uma gripe e consistem de febre, dor de cabeça, vômitos, sensação de estar doente e garganta dolorida. Esses sintomas muitas vezes melhoram em poucos dias, e a maioria das pessoas não terá mais sintomas. Se o vírus se espalha para o sistema nervoso, pode causar fraqueza muscular nas pernas, braços, costas ou no pescoço. Isso pode causar problemas para caminhar e realizar tarefas, e até mesmo dificuldade para respirar. Com o tempo, isso faz as articulações ficarem apertadas, o encolhimento dos músculos (atrofia) ou até mesmo paralisia. Os sintomas podem voltar anos após a infecção original, causando a síndrome pós-pólio.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito com base nos sintomas e exame clínico, ao saber que uma pessoa não imunizada esteve em uma área onde pode ter sido exposta ao vírus. Frequentemente, exames de sangue são realizados para pesquisar proteínas imunitárias que combatem o poliovírus (anticorpos), tal como uma punção lombar (recolher uma amostra de fluido em torno da medula espinal) para confirmar o diagnóstico e para investigar a presença do vírus no sistema nervoso.

Tratamento

Não há tratamento específico para a infecção da poliomielite. O tratamento visa aliviar os sintomas. Isso pode significar simples alívio para as dores de cabeça e dores musculares. Pessoas com fraqueza muscular permanente podem precisar de fisioterapia para ajudar a melhorar a força muscular. Se os músculos respiratórios forem afetados e ficarem fracos, a pessoa afetada pode precisar de uma máquina para ajudar na respiração.

Prevenção

A infecção por poliovírus pode ser prevenida pela vacinação. É importante manter o calendário de vacinação recomendado.

Prognóstico

O prognóstico depende fortemente de se saber se o sistema nervoso está comprometido. Os casos sem comprometimento do sistema nervoso podem ter recuperação completa. Se o sistema nervoso estiver envolvido isso pode levar à incapacidade e até a morte se os músculos respiratórios forem afetados.